Por aqui...

Vamos estando de férias...




Bom Apetite, Su

O primeiro jantar a dois ...

Foi qualquer coisa assim...



Um vestido oferecido pelo marido que aguardou pacientemente no armário por esta noite que se revelou fantástica e que nos permitiu relaxar, divertir e claro, namorar muito.






E um restaurante que nos agradou sobretudo pelo espaço em si e ambiente relaxante. Já conhecíamos o Olivier restaurante da rua do Alecrim e gostámos tanto que o Nuno resolveu eleger o Yakuza by Olivier para esta noite especial.

As fotos foram tiradas com os telemóveis, sem flash como é óbvio, pelo que a qualidade não resultou como gostaria mas ainda assim dá para ter a ideia.





Optámos pelo menu de degustação, o que já é um hábito nosso e que nos permite provar um pouco de muita coisa. O sushi era muito bom, apesar de neste campo termos no topo da nossa lista e por uma diferença grande este restaurante. Mas devo ressalvar o Black Cod servido no final que era uma verdadeira delicia, suave ao palato e uma textura que se desfazia na lingua.



Nota muito positiva também para a sobremesa, que apesar de não ter tirado foto, merece destaque. Foi a medo que pedi um Creme Brulée com gelado de Ferrero Rocher, pois ao contrário do que se possa pensar o creme brulée não é o nosso típico leite creme, mas felizmente fui agradavelmente surpreendida com a verdadeira receita e por momentos pensei em repetir a dose de tão delicioso que estava.

Bom Apetite, Su

Ramequins de Ovos Caprese

Quando vi esta receita soube que tinha de a fazer quer pelos ingredientes da mesma, quer pela forma como é feita no forno. Apesar de a autora a ter classificado como uma receita de pequeno-almoço, no meu caso foi como acompanhamento.
Os ovos são um alimento importante na alimentação de quem amamenta, pelo que tenho descoberto mil e uma formas de os comer.

Estes ramequins ficam lindos e muito saborosos, e julgo que podem levar toda uma conjugação de ingredientes que penso que funcionarão muito bem, como pedaços de curgete ou até de peito de frango para algo mais consistente. É só uma questão de experimentar.





Ingredientes

  • 1 ou 2 ovos por Ramequin
  • Tomates cherry cortados em metades
  • Queijo mozarella light q.b.
  • Folhas de mangericão fresco
  • 1 colher de sopa de leite magro por cada ramequin
  • Sal
  • Pimenta
  • Creme vegetal para barrar
Preparação

1. Pré-aquecer o forno a 200º

2. Barrar cada ramequin com o creme vegetal e  colocar pedaços do tomate, queijo e o mangericão.

3. Partir um ou dois ovos para dentro de cada ramequin e temperar com sal e pimenta. Adicionar o leite a cada ovo para evitar que sequem. Colocar por cima mais pedaços do tomate, queijo e mangericão.

4. Levar ao forno por cerca de 10 minutos*, e então ligar o grill e deixar por mais alguns minutos - mais ou menos dependendo se se quer a gema bem ou mal passada.

Notas
* O tempo depende de cada forno pelo que aconselho a irem controlando.




Bom Apetite, Su

E o tempo passa a correr...

O Rafa está enorme, e os momentos que nos proporciona são indescritíveis, sobretudo aqueles em que se ri para nós pelo simples facto de nos rirmos para ele… é mesmo o melhor que a vida nos pode dar.
Como muitas leitoras têm perguntado pelo pequeno princepe, aqui ficam umas fotos deliciosas...






Bom Apetite, Su

A simplicidade com um toque de exuberância

É assim que eu vejo esta receita, algo simples com um pequeno toque que altera toda a natureza de um prato que poderia ser banal e sem graça. O chévre, ou queijo de cabra, é o complemento perfeito para uns legumes estaladiços e um peixe suculento.




Dourada no forno com legumes e chévre

Ingredientes

  • 1 Dourada grande
  • 1/2 pacote de polpa de tomate
  • 1 copo de vinho branco
  • 1 beringela
  • 1 corgete
  • 1 tomate
  • Rodelas de chévre
  • Óregãos
  • Sal

Preparação

1. Lavar e limpar muito bem a dourada e polvilhar com sal. Pré-aquecer o forno a 200º

2. Num pirex colocar a polpa de tomate, o vinho branco e os óregãos e misturar bem os sucos. Dispôr o peixe por cima e levar ao forno durante cerca de 30 minutos, regando a dourada com o molho várias vezes.

3. Cortar a beringela, corgete e tomate em rodelas. Dispôr as rodelas de beringela num tabuleiro de forno e por cima a corgete e o tomate. Levar ao forno durante o mesmo tempo que o peixe.

4. No final do tempo, retirar o peixe e colocar o queijo por cima das torres de legumes. Ligar o grill e esperar que o queijo derreta.

5. Servir o peixe com os legumes.

Bom Apetite, Su

Fetuccine Rosso ao Pesto de Espargos Light

As férias (as verdadeiras) estão a aproximar-se e nós mal podemos esperar pelas primeiras férias a três. Mas enquanto não chegam, vamos aproveitando cada dia, cada nova pequena  coisa com que o nosso príncipe nos vai brindando e eu aproveito para ir atualizando as minhas pesquisas e o meu e-book com novas receitas.
Esta receita começou com um pacote de Fetuccine Rosso fresco e tudo o resto se compôs à sua volta.
Inspirei-me na Ina Garten e no Simply Recipes e o resultado foi uma massa diferente com  um pesto fantástico que aproveitei para congelar e para o qual já tenho mais algumas ideias em mente. É um pesto Light dado que leva menos azeite e não leva o convencional parmesão, o que o torna mais suave.



Os camarões feitos assim no forno ficam perfeitamente caramelizados e firmes como se quer, nunca tinha experimentado mas agora não vou mais querer fazer de outra forma.





Ingredientes

  • Massa fresca Fetuccine Rosso
  • Camarões a gosto
  • 1 molho de espargos
  • 3 punhados de espinafres baby
  • 2 dentes de alho descascados
  • 70 gr de queijo fresco de barrar 0% gordura
  • 60 ml Azeite
  • 100 gr pinhões + alguns para polvilhar
  • Sal
  • Pimenta
Preparação

1. Pré-aquecer o forno a 200º

2. Limpar o camarão, dar um golpe longitudinal e colocar num tabuleiro de forno. Regar com um fio de azeite e temperar com sal e pimenta. Envolver bem e assegurar que o camarão fica disposto numa única camada. Levar ao forno por 8 a 10 minutos até os camarões estarem caramelizados e firmes.

3. Remover os pés dos espargos e cozer em água fervente por 2-3 minutos. Retirar para um recepiente com água gelada de forma a parar a cozedura. Depois de frios, cortar aparas dos espargos em diagonal, reservando as cabeças para guarnecer.

4. Cozer a massa durante 5 minutos - cuidado com o tempo pois a massa fresca é mais rápida do que a seca na cozedura.

5. No copo da bimby colocar o queijo fresco, as aparas dos espargos, os espinafres, os pinhões, os alhos, o sal e a pimenta. Triturar na velocidade 9 até obter uma pasta. Colocar a máquina em funcionamento na velocidade 5 e , com o copo medida colocado, deitar  o azeita sobre a tampa. Juntar um pouco da água da cozedura da massa para aligeirar um pouco.

6. Tostar alguns punhões no forno, com o grill ligado, durante cerca de 3 minutos.

7. Envolver a massa com o pesto e os camarões. Guarnecer com os espargos e servir polvilhado com os pinhões.

Bom Apetite, Su
09 10