Tagliatelle com vieiras e lagosta ao molho cream cheese

Há uma série de tempo que andava com vontade de elaborar um qualquer prato com vieiras. Nunca tinha usado este ingrediente mas, seguindo um qualquer instinto, achei que ficaria bem num prato de massa.

E assim rumei ao melhor sitio que conheço para comprar marisco congelado, adquiri as minha tão ansiadas vieiras e uns rabinhos de lagosta porque o marido é fã incondicional do bichinho.



O resto foi um misto de invenção e inspirações por aqui e por ali, e o resultado mais uma vez agradou bastante ainda que não tenha sido exactamente o que eu tinha idealizado e concebido mentalmente.



O cream cheese revelou-se uma excelente alternativa às natas de soja e não tem, de todo, um sabor demasiado demarcado. Ao invés disso confere a cremosidade pretendida e um sabor suave e requintado que, misturado com o travo do limão, culmina num prato acolhedor e reconfortante.



Ingredientes

  • Tagliatelle integral
  • 500 gr Vieiras
  • 1 rabo de lagosta
  • 1 c. sopa de creme vegetal
  • 2 c. sopa de queijo creme light
  • 1/2 chávena de leite magro
  • Raspa de limão
  • Sal e Pimenta
  • Sementes de papoila para polvilhar
Preparação

1. Cozer a massa al dente

2. Cozer o rabinho de lagosta durante cerca de 5 minutos. Não deve ser cozinhada de mais
sob pena de ficar com consistência de borracha. Não há problema se ficar crua no meio dado
que ainda irá acabar de cozinhar na frigideira.
No final partir em bocados pequenos.

3. Colocar o creme vegetal numa frigideira e cozinhar as vieiras durante cerca de 5 a 7
minutos, virando a meio. Retirar as vierias para um prato e cobrir com um pouco de prata.
Juntar a lagosta e deixar fritar um pouco.

4. Retirar as a lagosta e reservar juntamente com as vieiras. Juntar na frigideira o queijo creme e mexer até ligar. Adicionar o leite aos poucos mexendo sempre e temperar coom sal e pimenta. Adicionar as raspas de limão.

5. Na frigideira juntar o marisco, a massa e um pouco da água da cozedura.

6. Servir polvilhado com as sementes de papoila.


Bom Apetite, Su

20 comentários:

  1. Tenho, ABSOLUTAMENTE, que experimentar este! Até já retirei a receita. :)

    ResponderEliminar
  2. Su isto é daqueles pratos que nunca recusava, adoro vieiras e lagosta e a massa é a cereja em cima do bolo :) Maravilhoso!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que tentação este prato Su, ficou uma massa bem suculenta e caprichada, adorei a receita,

    beijos e boa semana!!

    ResponderEliminar
  4. Queen of Hearts,
    Não te vais arrepender ;)

    Luísa Alexandra,
    Obrigada :)

    Monisilva,
    Sim, esta é daquelas receitas que regra geral agradam sempre.

    Paula Mariana,
    Obrigada. Beijos e boa semana também.

    ResponderEliminar
  5. Estamos viradas para a massa! Que bela refeição!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Uau, que chic essa receita! Parabéns!
    Um abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  7. Sou louca por vieiras, sua delicadeza e sabor me encantam.
    Adorei esse prato!
    Bj,
    Marcela.

    ResponderEliminar
  8. Aspecto delicioso
    Adorei vir aqui
    Parabéns!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Love lobster you sure mande this stunning!

    ResponderEliminar
  10. Questo è proprio un piatto chic e sicuramente buonissimo! Mi piace il tuo blog e verrò a curiosare ogni tanto.
    Un bacio

    ResponderEliminar
  11. Este tagliatelli, pelo aspecto, deve ter ficado fantástico.Ainda para mais com marisco que eu adoro.

    ResponderEliminar
  12. Parabéns pelo fantástico blog de culinária!
    Agradeço que me informe onde posso encontrar sementes de papoila à venda, é que nunca vi.

    Obrigado pela informação.

    Muitas Felicidades

    ResponderEliminar
  13. Carla,
    Antes de mais obrigada pelas palavras.
    As sementes de papoila podem ser encontradas em lojas de produtos naturais - eu comprei no Celeiro-Dieta.
    O pacote há-de ser qualquer coisa como este: http://www.centrovegetariano.org/loja/index.php?img_src=images/products/sementespapoila.jpg

    ResponderEliminar
  14. Olá,
    Aspecto fantástico! Não encontro vieiras à venda em lado nenhum, pode-me dizer onde encontrar?
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
  15. Miosotis,
    Estas vieiras comprei-as em Peniche, mas já vi à venda na secção de congelados no Pingo Doce por exemplo.

    ResponderEliminar
  16. O João Manzarra acaba de fazer esta tua receita no Boa Tarde ;)

    ResponderEliminar
  17. Olá Su.
    Devo andar mesmo distraída porque não reparei nesta receita. É como o Manzarra diz "uma massa chique". Deve ficar com um sabor fenomenal, mas feita por si e não por ele.:)
    Parabéns pela receita.
    Um beijinho
    Patrícia

    ResponderEliminar
  18. Tu és fan-tás-ti-ca!
    Adoro, adoro. Vou experimentar :D

    ResponderEliminar

09 10